Artigos
Sugestões para a qualidade de aplicação do verniz UV localizado.

  1. APLIQUE PRIMER EM AMBOS OS LADOS DO IMPRESSO

O papel é formado por fibras higroscópicas (que absorvem umidade), por isso dilata ou encolhe de acordo com o clima. Em dias úmidos uma folha 48x66cm pode aumentar em até 3mm, dificultando o registro. As primeiras folhas da pilha, estão mais expostas à umidade, enquanto que as do meio da pilha, receberam menos umidade, de modo que, à medida que o material vai sendo impresso, o registro de encaixe pode variar porque as folhas dilataram.

A aplicação de PRIMER em linha ou logo após a impressão offset, serve como selante, impedindo a absorção de umidade. O papel mantém suas formas originais, e em todos os processos de acabamento subseqüentes, o registro será assegurado, beneficiando as operações de corte, corte e vinco, hot-stamping e dobra.

Se o verniz UV localizado for aplicado diretamente sobre a folha (sem o primer selante) sobre imagens reservadas, quem faz o papel de selante é o verniz, acarretando outro problema posterior: Na parte impressa com verniz, o papel não absorverá mais umidade, e no resto da folha, ele estará sujeito às variações do clima, o resultado é o enrugamento da folha próximo das bordas de aplicação do verniz. Parece que o verniz atacou o papel, causando o repuxo, mas na verdade é o papel que altera suas dimensões em toda a folha, menos onde existe a aplicação de verniz UV localizado.

 

  1. NUNCA REFILE O MATERIAL

Jamais refile o material antes da aplicação do verniz UV, o corte de guilhotina, por melhor que seja, faz perder a margem de referência de pinça e puxador lateral, tornando impossível o registro na aplicação do verniz localizado. A impressora serigráfica usa as mesmas margens de referência da pinça e do puxador para registrar. Se estas margens forem cortadas, é impossível a repetibilidade do registro.

 

  1. NUNCA CORTE AO MEIO O IMPRESSO TIRA-RETIRA

Cortar a folha ao meio, no sistema TIRA-RETIRA é outra falha grave, pois para metade das folhas, a referência de pinça e puxador serão perdidas.

 

  1. O PUXADOR LATERAL DA OFFSET DEVE SER REGULADO

As modernas máquinas offset 4 ou 5 cores, permitem a impressão com registro perfeito, cor sobre cor, mesmo que o impressor dispense o puxador (marginador) lateral. Para o impressor, a imagem aparece perfeita, mas na hora de aplicar o verniz, aparece o problema, a folha dançou no puxador. As cores estão registradas entre si, mas não estão registradas em relação à borda do papel.

A impressora serigráfica, toma como referência a mesma margem da pinça da offset e a mesma lateral do puxador. Se a folha dançar no puxador, a aplicação do verniz não terá um bom registro, ocorrerão variações de até 2mm.

 

  1. REDUZA O TALCO

O excesso de talco cria defeitos na superfície do verniz, aspereza, sensação de areia, lixa, micro-poros, etc…Por isso, na medida do possível, reduza o uso de talco na impressão.

 

  1. MELHORE A ADERÊNCIA

Tintas escuras, ou com camadas sobrepostas, possuem mais cera na composição, são mais oleosas, causando baixa aderência do verniz. Aguarde a completa secagem da tinta, ou retorne o material para aplicar primer para selar a superfície antes de aplicar o verniz UV.

 

  1. ELIMINE DETALHES

Detalhes muito finos, textos, linhas, não são revelados com qualidade pela matriz serigráfica. Por isso, na medida do possível, converse com seu cliente ou com a agência, para eliminar esses detalhes e concentrar a aplicação do verniz em IMAGENS, TÍTULOS e LOGOTIPOS. Aplicar verniz UV localizado sobre um endereço é aumentar o risco de defeito, pois sendo o verniz transparente, e a linha muito fina, fica bem difícil controlar a qualidade de registro nestas áreas, e o efeito final, mesmo com registro perfeito, é imperceptível.

 

  1. USE VERNIZ ADEQUADO

O verniz mais viscoso, deixa uma camada aplicada mais definida, com bordas e contornos bem definidos, oferecendo mais contraste entre a parte impressa e não impressa.

Vernizes mais econômicos, exageram na diluição, e com baixa viscosidade e sem a tixotropia adequada, o processo de impressão por serigrafia fica prejudicado. Utilize sempre tinta serigráfica de boa qualidade, fabricada por empresas especializadas.

ATENDIMENTO
  • 41 3732-1266

  • Rua Salgado Filho, 2440
    CEP: 83324-080
    Pinhais-PR