Artigos
Consumo de energia na CURADORA UV

Consumo de energia na CURADORA UV

 

Apresentamos a seguir as perguntas mais frequentes relacionadas ao processo de cura UV.

O consumo de energia de uma curadora UV, é um dado importante a ser analisado antes da aquisição da máquina, pois afeta diretamente o custo operacional do equipamento, e por consequência a rentabilidade.

 

1) Para aplicações de alta velocidade (offset e calandra) devemos usar curadoras de duas lâmpadas ou de uma lâmpada?

Para velocidades de até 35 m/min (4000 folhas por hora formato 50x70cm, aplicação de verniz UV convencional) a IMAH fornece curadoras com somente uma lâmpada e garante a eficiência de cura do sistema.

Os sistemas de duas lâmpadas foram desenvolvidos no passado para compensar a falta de tecnologia de fabricação de lâmpadas com potências maiores do que 200WPP. Por isso era necessário compensar essa deficiência utilizando duas lâmpadas em série. Hoje em dia, é comum a fabricação de lâmpadas com até 400 WPP e a IMAH utiliza lâmpadas com 300 WPP em todos os seus equipamentos.

O desenho do refletor também evoluiu, os novos perfis elípticos permitem ampliar a concentração de raios UV formando uma “FACA DE LUZ” em uma pequena faixa do impresso que passa sob a lâmpada, permitindo curar o mesmo impresso com até 25% menos potência do que nos sistemas concorrentes, onde o refletor não possui perfil controlado. 

O comparativo de eficiência de cura, usando uma ou duas lâmpadas já foi discutido em simpósio da PUC de São Paulo, (ABTG) onde se comprovou que o uso de uma única lâmpada de maior potência oferece maior eficiência de cura em profundidade do que o uso de duas lâmpadas, pois a primeira lâmpada cura a superfície da tinta, dificultando a cura das camadas mais profundas pela segunda lâmpada, prejudicando justamente a camada mais próxima do substrato que promove a aderência.

A Imah fabrica sistemas com duas lâmpadas, apenas para velocidades de 35 à 200m/min ou aplicações onde a camada de tinta seja maior.

 

2) Qual a diferença de consumo de energia de uma curadora UV600 quando comparada à UV700, UV800 e UV1000?

Uma pequena diferença no comprimento da lâmpada gera uma grande diferença no custo operacional:

Cada polegada a mais no comprimento da lâmpada UV, consome 300 watts, logo cada 100mm adicionais na largura de cura, consomem exatos 1.181,10 watts por hora = 1,81kWh

Considerando o custo médio de R$ 0,418 por kwh, teremos:

Custo hora para cada 100mm adicionais de largura:…………0,418×1,81= R$ 0,7566

 

Logo teremos os seguintes acréscimos de custo sobre a largura de 600mm:

 

CONSUMO ADICIONAL ANUAL PARA UV700xUV600

R$ 1757,64

CONSUMO ADICIONAL ANUAL PARA UV800xUV600

R$ 3515,40

CONSUMO ADICIONAL ANUAL PARA UV1000xUV600

R$ 7030,56

 

Estes valores obviamente se reduzem se o impresso tiver possibilidade de cura nas potências intermediárias que a máquina oferece.

 

 

1) Qual a diferença de consumo de energia de uma curadora com duas lâmpadas para a IMAH de apenas uma lâmpada?

A diferença de consumo pode ser mais do que o dobro, dependendo da potência utilizada. Por exemplo, vamos considerar o cálculo comparativo a seguir:

 

Curadora IMAH UV1000 de uma lâmpada, com consumo na potência máxima de

12.600 Watts. Comparada à curadora com 2 lâmpadas, o adicional de consumo será de 12.600 Watts (consumo de uma lâmpada a mais)

Considerando um custo médio de R$ 0,418 por kwh, teremos:

Custo hora para a Lâmpada adicional………………………………..0,418×12,60=R$ 5,26

No final do mês, se a máquina estiver ligada 8 horas por dia, teremos:

Custo mensal para a lâmpada adicional……………………………..5,26x22x8=R$ 926,95

 

Logo teremos os seguintes acréscimos de custo operacional nas máquinas com duas lâmpadas:

 

CUSTO ANUAL DE ENERGIA PARA SEGUNDA LÂMPADA UV1000

R$ 11.123,48

CUSTO ANUAL DE ENERGIA PARA SEGUNDA LÂMPADA UV700

R$ 7.945,34

CUSTO ANUAL DE ENERGIA PARA SEGUNDA LÂMPADA UV600

R$ 6.621,12

 

Estes valores podem ser reduzidos se o impresso tiver a possibilidade de cura nas potências intermediárias que a máquina oferece, no entanto as proporções se mantém constantes.

 

4) Comparando o consumo de energia da curadora IMAH UV600 com máquinas similares (na mesma largura 600mm), porque a IMAH consome menos energia?

Tecnologia do conjunto irradiante: O refletor da lâmpada IMAH possui geometria mais eficiente, concentra mais os raios ultra-violeta sobre uma faixa mais estreita, formando uma “faca de luz” extremamente eficiente. Com maior concentração de raios UV, ao invés de utilizar potência de 100%, nossos usuários curam a maior parte dos vernizes com 50% da potência. Como vantagem adicional, o papel aquece menos, deforma menos e garante o registro para a impressão do verso do mesmo impresso, sem precisar fazer ajustes de fotolito.

Comparativo de consumo anual entre potência 3 (100%) e potência 2 (75%):

 

Economia na redução da potência de 100% para 75% UV600

R$ 1655,28

Economia na redução da potência de 100% para 75% UV700

R$ 1986,33

Economia na redução da potência de 100% para 75% UV1000

R$ 2780,87

 

5) A curadora trifásica consome menos energia do que a bifásica?

Se a potência da lâmpada é a mesma, o consumo de energia será o mesmo.

O que melhora na máquina trifásica é a distribuição de tensão nas fases da rede, permitindo o uso de cabos e disjuntores de ligação menores, mas em termos de custo na conta de energia, não haverá variação, os custos são os mesmos.

 

6) O menor custo operacional é realmente uma vantagem econômica?

O custo operacional é a variável mais importante do cálculo de custos, por menor que seja a taxa de utilização do equipamento, nunca deixe de levar em conta o custo operacional.

Nossas curadoras foram desenvolvidas para solucionar realmente os problemas de produção, não apenas para “curar a tinta”. A visão da IMAH é uma visão global, e coincide com a visão do empresário que objetiva a sustentação do seu negócio no longo prazo. O preço de aquisição de um bem, é apenas uma parte do seu valor. No caso dos equipamentos, considerar apenas o preço de aquisição é no mínimo temerário, pois os custos operacionais, como comprovado nos cálculos acima, podem viabilizar economia suficiente para a compra de um novo equipamento em apenas 12 meses.

   Muitos gráficos se perguntam como concorrentes conseguem preços tão baixos nos serviços de envernizamento UV, a resposta é uma só: Menor custo operacional. 

 

        Esperamos que o demonstrativo de custos apresentado lhe sensibilize para um fato fundamental: A análise e decisão para aquisição de uma máquina não deve ser baseada apenas no preço de aquisição, pois este preço será irrelevante quando comparado aos custos operacionais durante a vida útil do equipamento. As vantagens da tecnologia de vanguarda incorporada aos produtos IMAH aliadas ao seu menor custo operacional, remuneram com vantagens o preço de aquisição, e asseguram muito mais rentabilidade e confiabilidade aos nossos clientes.

 

ATENDIMENTO
  • 41 3732-1266

  • Rua Salgado Filho, 2440
    CEP: 83324-080
    Pinhais-PR